Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Filho de ex-prefeito já dá expediente no SAAEB

16 de janeiro
000

O prefeito Fernando Galvão cumpriu o compromisso que fez para obter o apoio do ex-prefeito Hélio Bastos na campanha de 2016 e Hélio Manoel Gradella Bastos, o Helinho Bastos (SD), ganhou um cargo no SAAEB com 200% de gratificação

São Francisco de Assis não deve ficar muito satisfeito às vezes com o uso de uma frase de sua oração, mas a frase continua dando o tom na política: “é dando [apoio] que se recebe [cargos]”.
Quando o O Jornal contou na coluna “O Jornal do Pimenta”, que um acordo com o ex-prefeito Hélio Bastos foi selado por um importante empresário da cidade em nome do prefeito Fernando Galvão visando garantir seu apoio na campanha a reeleição de 2016, algumas pessoas nas redes sociais disseram que era mentira, que o ex-prefeito não se venderia e que era um absurdo falar que além de outras vantagens o ex-prefeito teria ganho um importante cargo no SAAEB que seria destinado ao seu filho, Hélio Manoel Gradella Bastos, o Helinho Bastos (SD). Algumas pessoas chegaram até a sugerir que o ex-prefeito processasse o O Jornal. Da nossa parte sempre ficamos tranquilos, pois sabíamos que com o tempo as provas do acordo surgiriam.
A Portaria nº. 1977/2017 do SAAEB, emitida no dia 4 de janeiro de 2017 e assinada pelo Diretor Provisório, Gilmar Aparecido Feltrim, confirma a nomeação de Helinho Bastos para “auxiliar na administração da Autarquia”.
Comprovando o quanto o apoio foi importante, na mesma data o diretor provisório do SAAEB emitiu mais 4 portarias nomeando comissões e em todas elas figura o nome de Hélio Manoel Gradella Bastos, ou seja, numa tacada só, Hélinho Bastos não só entrou no SAAEB como passou imediatamente a fazer parte das quatro comissões existentes na autarquia: Comissão permanente de vistoria, avaliação de bens permanentes e incorporados; Comissão permanente para fiscalização de serviços executados; Comissão permanente de recebimento definitivo de obras e serviços, e Comissão permanente de reavaliação de bens patrimoniais em uso.
O resultado de nomeação para tantas comissões ficou estampado na Portaria nº. 1982/2017, onde o diretor provisório do SAAEB, Gilmar Aparecido Feltrim, concede gratificação de participação em comissão de 200%, auferindo 50% de gratificação para cada uma das quatro comissões nas quais Helinho faz parte.
Por ironia do destino, a Portaria nº 1983/2017, publicada na sequência pelo SAAEB, concede gratificação de assiduidade de 3% a um funcionário do SAAEB. Um funcionário depois de muito tempo recebe 3%, enquanto um indicado já chega recebendo 200%. Coisas da política.
Nos bastidores do SAAEB, a informação é de que Helinho Bastos é quem dará as cartas no SAAEB a partir de agora. O diretor provisório Gilmar Feltrim permanece, não se sabe até quando, por ser uma pessoa que sabe demais, mas a tendência é que com o tempo o filho do ex-prefeito Hélio Bastos assuma de vez a autarquia.
Contra o diretor provisório Gilmar Feltrim pesa, além do compromisso que o prefeito Fernando Galvão assumiu com o ex-prefeito Hélio Bastos, o desenrolar do inquérito aberto para investigar possíveis irregularidades na obra do Lago. O inquérito foi concluído, novas diligências foram solicitadas e quem acompanha o andamento do caso garante que o cenário pode não ser nada favorável a Feltrim e por isso o prefeito Galvão já estaria ensaiando uma certa distância dele.


Deixe um comentário