Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Credicitrus realiza evento “O Poder do Cooperativismo” para discutir segmento

27 de novembro
000

Evento recebeu alguns dos principais órgãos líderes do cooperativismo e buscou fortalecer o crescimento do setor

Unir e crescer. Estas foram as palavras mais citadas no evento realizado pela Sicoob Credicitrus na terça-feira (21), para discutir e fortalecer o cooperativismo no país. Mais de 300 pessoas compareceram, além de representantes dos principais órgãos, lideranças e especialistas do setor para discutir o tema, como Sicoob Confederação, Bancoop, Ocesp, Banco Central (tanto do Departamento de Supervisão de Cooperativas e de Instituições não Bancárias e do Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações de Crédito Rural e do Proagro).  
O evento foi aberto pelo presidente do Conselho de Administração da Sicoob Credicitrus e da Coopercitrus, Raul Russ de Almeida. “O sistema de cooperativismo de crédito no Brasil detém apenas 4% do mercado, mas vem crescendo e tem como meta atingir em poucos anos a meta de 10 milhões de cooperados, afirmou. Ressaltou, ainda, a importância do sistema financeiro cooperativista, que é uma alternativa aos bancos tradicionais por oferecer aos associados acesso aos principais produtos e serviços financeiros com vantagens como juros mais baratos e economia em tarifas.      
O vice- presidente do Conselho de Administração da Sicoob Credicitrus, Marcos Lourenço Santin, também falou na abertura do evento sobre a grandiosidade da instituição, que conta com 81.613 cooperados e ativos totais de R$ 5,4 bilhões (números de outubro deste ano).
Marcelo Martins, Diretor de Tecnologia da Sicoob Credicitrus, em entrevista ao O Jornal, ressaltou a importância do evento e do avanço da tecnologia. “O nosso objeto é unirmos forças dentro do cooperativismo, por isso convidamos diversas cooperativas do estado de São Paulo e praticamente todas de Bebedouro para podermos repensar um pouco nossa forma de negócio, em todas as formas de cooperação que podemos atuar e fazer uma releitura desse cenário. Na área de tecnologia não tem como pensar diferente hoje que a inovação chegou, as redes, os dispositivos e os aplicativos estão conectando as pessoas, e fazer também uma demonstração não só de nossa cooperativa mas de todo o nosso sistema que nós também estamos nos preparando para esse futuro, e que independentemente de qual canal venhamos a utilizar para atender nossos cooperados ele será atendido bem, seja no meio convencional ou eletrônico, e sempre mantendo o propósito e a filosofia do cooperativismo”. 
Henrique Castilhano Vilares, presidente da Sicoob Confederação, falou que a Sicoob representa 53% do cooperativismo hoje. “Os meios mudam, mas a essência cooperativista permanece. Os cooperados são os donos do nosso negócio. Temos diversos tipos de cooperados, e eles é o que são mais importantes e escolhem os meios por onde querem ser atendidos, seja indo na agência e pedindo para o gerente anotar na caderneta quanto rendeu a aplicação, e tem aquele que faz tudo no meio virtual. Ele é quem decide”, ressaltou.
Edivaldo Del Grande, presidente da Ocesp (Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo), tratou sobre o sistema de aprendizagem do cooperativismo no estado. “Mais de 1000 jovens em 98 cooperativas atendidas na educação continuada. Nos cursos centralizados, mais se 230 ações realizadas e quase 700 atendidos. Nos cursos descentralizados, mais de 600 ações. Pós graduação com mais de 600 ações. Em resumo: 3570 ações, 26 mil horas de capacitação, 79 mil pessoas beneficiadas com treinamentos diversos, cursos técnicos, MBA, palestras, oficinas, dentre outras”, elencou. 
Vieram representando o Banco Central, Cláudio Moreira (Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações de Crédito Rural e do Proagro), que falou sobre crédito para as cooperativas, e Harold Paquete Espínola Filho, do Departamento de Supervisão de Cooperativas e de Instituições não Bancárias, que ressaltou a visão do Banco Central sobre o crescimento das cooperativas de crédito.
Adriano Avanço, Diretor Administrativo da Sicoob Credicitrus, em entrevista ao O Jornal, ressaltou a importância do evento no fortalecimento do cooperativismo. “O objetivo é unirmos forças para termos cada vez mais adeptos ao cooperativismo, tanto com as de crédito quanto as demais cooperativas. Estamos trazendo o banco do qual a cooperativa participa, a confederação, a Osesp, representantes do Sescoop (Sistema Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), e representantes de cooperativas para que possamos unir forças e ganhar na intercooperação. Bebedouro, por ter muitas cooperativas, merece ter esse espaço e esse momento de reflexão sobre o cooperativismo. Estamos muito satisfeitos como evento. 


Deixe um comentário