Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Vereadores comentam sobre falhas no evento da apresentação da Esquadrilha

16 de maio
000

Presidente do Aeroclube disse que Aeródromo foi escolhido por questão de segurança pela própria equipe da Esquadrilha 

A apresentação da Esquadrilha da Fumaça em Bebedouro no último domingo (12), chamou a atenção de toda a região. Também, pudera. A cidade não recebia tal evento desde 2009, e especialmente a Esquadrilha sempre chamou a atenção de todos devido a precisão e beleza das manobras elaboradas pelos experientes pilotos. 
E como não poderia ser diferente, o Aeródromo de Bebedouro ficou lotado logo pela manhã do domingo, mesmo o evento propriamente dito estar marcado para às 15h. Mas nem todos conseguiram entrar no Aeródromo, seja pelo imenso trânsito que se formou ao logo da rodovia, seja porque o local ficou lotado mesmo. Com isso, diversos carros teriam estacionado no acostamento e teriam sido multados pela Polícia Rodoviária, fato que chegou até a tribuna da Câmara na sessão da segunda-feira (13), e alguns vereadores questionaram o local e a organização do evento. Além disso, pelas redes sociais, diversas pessoas também expuseram seu descontentamento para com o que classificaram como “falta de organização”. 
Questionado sobre o fato, o presidente do Aeroclube, responsável por trazer a Esquadrilha da Fumaça, enviou a seguinte nota ao O Jornal, que reproduzimos na íntegra. “A última apresentação da esquadrilha da fumaça em Bebedouro, ocorreu em 03 de maio de 2009, que teve como local o sambódromo da cidade, nesse período (10 anos) muita coisa mudou (evoluiu), em termos de equipamento (do T-27 para o A-29), para termos uma ideia, o T-27 possui um motor com potência de 750 shp, já o A-29 conta com um motor de 1.600 shp. O fator segurança também sofreu aperfeiçoamento, locais que antes poderiam ser realizadas as apresentações, hoje passou a ser inviável, seja por questões de área povoada, seja por facilidades no trajeto entre o local da apresentação até um hospital, e muitos outros fatores são hoje mais exigidos, como por exemplo a elaboração de um PE (Plano de Emergência) que deve ser elaborado por um GSO (Gestor de Segurança Operacional). Após reunião com um representante (piloto) do EDA (Esquadrão de Demonstração Aérea), foi aprovado para a apresentação da Esquadrilha o Aeródromo de Bebedouro, por questões de segurança operacional (SO). Em todas as apresentações da Esquadrilha é muito, muito comum algumas centenas de pessoas não conseguirem chegar até o local da apresentação em decorrência do congestionamento no trânsito (principalmente pra quem se desloca muito próximo do horário da apresentação), pra quem vai assistir a um show de um artista desconhecido vai ter muito mais facilidades de chegar ao local do que aquele que vai por exemplo ao Rock in Rio. A apresentação como sempre foi um show, agradecemos a todos que doaram os livros para o projeto “doe um livro” apoiado pelos pilotos da Esquadrilha do qual tivemos a doação de 300 livros que serão entregues a Prefeitura Municipal. Agradecemos o apoio da Prefeitura Municipal de Bebedouro, Equipe do Aeroclube de Bebedouro, Tiro de Guerra, Grupo de Escoteiro Sol e Lua, GCM, PM, Bombeiros Militar e Civis e todos que de uma forma ou outra contribuíram para a realização desse espetáculo”.


Deixe um comentário