Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Assessor do Governo Galvão chega a ganhar mais de R$ 13 mil em julho

05 de agosto
000

Um assessor indicado chegou a receber R$ 13.082,28, e outro de carreira que está em cargo específico recebeu R$ 14.738,54 em julho. Crise? Que crise?

Crise? Que crise? Se você, leitor, sofre para se manter de pé com o salário que recebe, e ainda tem que agradecer por estar empregado (já que há muito bebedourenses e milhões de brasileiros a procura de um emprego, qualquer que seja), saiba que nem todo mundo está da mesma forma. Há quem receba, e muito, para fazer, digamos, pouco, perto do que poderia ser feito e que melhoraria nossa cidade, de modo a não estarmos enfrentando tamanha crise. 
Com salários líquidos pagos em julho de até R$ 13.082,28 para um assessor indicado e R$ 14.738,54 para um concursado que está em um cargo específico, há quem esteja rindo à toa na Prefeitura Municipal de Bebedouro, endereço no qual a “crise” ainda não bateu e assessores continuam recebendo bastante bem. 
Crise mesmo só para o “baixo escalão”, sem as mordomias dos cargos mais altos e que recebeu apenas a correção do IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo) nos 6 anos de Governo Galvão. Para os “amigos”, aqueles que nem mostram tanto serviço assim, o contracheque continua lindo, reluzente e polpudo.    
A reportagem de O Jornal fez uma consulta ao site Transparência da Prefeitura para analisar a quantas anda os rendimentos dos assessores do prefeito. A consulta foi feita no dia 22 deste mês, e refere-se a salários de junho pagos em julho. Trataremos de valores líquidos (realmente recebidos) e brutos (total do salário), e não entraremos no mérito sobre como é feita a composição dos salários, se houve acréscimo de férias ou se houve outras deduções. Apenas uma observação foi feita quanto ao pagamento da primeira parcela do 13º salário para um dos casos citados. Também convencionamos chamar a todos de “assessor”, independentemente se for homem ou mulher a ocupar o cargo. 
Como não podemos divulgar os nomes dos funcionários por força da lei, buscamos fazer trocadilhos com o nome ou cargo que ocupa, ou ainda algum fato amplamente já citado pela mídia, de modo que o leitor possa identificar, sem exposição exagerada, quem seja o assessor citado. Chamamos de assessor, mas também pode ser um diretor de departamento.
O mês de julho começou feliz para um assessor. Um pequeno “caminhão de dinheiro”: R$ 10.693,41 de salário líquido, com bruto de R$ 13.976,35.
Outro bem pago assessor teve rendimentos bem interessantes: R$ 9.174,51 bruto, com líquido de R$ 11.953,22 mesmo com os invisíveis feitos de seu departamento que não desenvolveu. Na mesma linha aparece um assessor que adora aparecer nas redes sociais e está sempre pronto para defender o chefinho mesmo “navegando nas redes” em horário de expediente, recebeu R$ 8.034,94 de salário líquido e tem R$ 10.381,41 de bruto.  
Já outro assessor, este de um novo segmento do governo e que está sempre atento em promover ótimas atrações para o município, recebeu R$ 4.566,25 de salário líquido em julho e tem bruto de R$ 5.464,69. 
Mesmo com as finanças ruins, um assessor levou para casa R$ 9.878,55 em julho, com salário bruto de R$ 12.924,32. Na mesma linha, outro que com crise e tudo continua com todo gás, recebeu em julho R$ 4.705,75 de salário líquido, tendo R$ 7.396,52 de bruto.
Já outro, com crise e tudo e sem muito controle, 8.030,05 de salário líquido, sendo que o bruto representa R$ 11.521,65.
Até um assessor que já foi mais chegado ao prefeito, considerado “de casa”, mas que agora está mais distante, na defensiva, embolsou R$ 9.149,64 de salário bruto, sendo o líquido de R$ 11.775,76.
Já outro assessor que faz seu trabalho bem direitinho garantiu a bagatela de R$ 13.082,28 de salário líquido, sendo R$ 15.311,63 o bruto. Dessa forma, se tornou, em julho, um dos maiores salários da Prefeitura. 
Também é preciso se guardar, e para tanto, um outro assessor garantiu seus módicos R$ 3.774,32, porém tem de salário líquido R$ 9.976,03. 
Já outro que pode ensinar como garantir um bom salário teve em julho rendimentos de R$ 9.900,08 líquidos, com bruto de R$ 13.084,19.
Com o lema de um antigo personagem da Escolinha do Professor Raimundo, do comediante Paulo Cintura, outro assessor que se garantiu em julho recebeu R$ 9.322,03 de salário líquido, com bruto de R$ 12.156,70. 
No estilo esportivo do personagem citado anteriormente, outro assessor que está muito bem, obrigado, recebeu R$ 6.421,40 de salário líquido, tendo R$ R$ 8.395,04 de bruto.
Já um assessor “importado” do Nordeste brasileiro, visto sempre em belas companhias, faturou R$ 4.038,41 de salário em julho, com bruto de R$ 6.879,85. 
Lidar com os humanos não é tarefa fácil hoje em dia, pois as pessoas andam cada vez mais complicadas, mas o salário pode até compensar: R$ 3.070,99 de líquido, mas bruto de R$ 9.805,61. 
Quem também encheu o cofrinho em janeiro e está feliz da vida, falando pelos cotovelos, é uma pessoa que recebeu R$ 3.961,42 de salário líquido, mas tem bruto de R$ 6.888,14. Vai poder comprar uma coleção de sapatos novos para acompanhar o chefinho em todos os lugares.  
Já outro assessor, de natureza tida como bastante enérgica, garantiu em julho seus R$ 6.092,56 de salário líquido, tendo bruto de R$ 9.315,06. 
Já outro assessor “rebaixado” recentemente em mudanças realizadas pelo prefeito, manteve um bom rendimento mesmo com as tributações do cargo e garantiu R$ 4.715,31 de salário líquido em julho, tendo bruto de R$ 8.044,37. Quem subiu para o seu lugar, com todas as tributações que os brasileiros precisam enfrentar, também não ficou nada mal: R$ 8.342,91 de salário líquido e R$ 10.091,94 de bruto. 
Um prata da casa e que faz compras muito bem recebeu R$ 4.070,69 de salário líquido em julho, mas tem R$ 7.113,28 de salário bruto. 
Já outro assessor que chegou na casa há pouco, vindo de outra casa e que chegou para colocar a casa em ordem recebeu R$ 6.616,04 de salário líquido em julho, tendo bruto de R$ 8.473,44. É quase o que recebia na outra casa, então ficou praticamente na mesma. 
Na área dos que realizam e fazem obras incríveis, nada mal também. Um que chegou não faz tanto tempo recebeu em julho a quantia de R$ 10.739,49 de salário líquido e tem bruto de R$ 14.138,19. Já outro conveniou-se que teria um salário maior, talvez pelo tempo de serviço, e garantiu nada menos que R$ 14.738,54 de salário líquido em julho, tendo R$ 18.917,46 de bruto. Aqui ressalta-se que recebeu a primeira parcela do 13º salário como parte do montante recebido.
Já outro que comanda tudo, até a sala do prefeito, manteve, como sempre, um bom salário em julho: R$ 10.054,57 líquidos e tem de bruto R$ 13.167,10. Merece até comemorar com um suco de laranja! 
Enquanto isso, no “andar de baixo”, a realidade é outra. A referência 1 dos funcionários municipais passou a ser de R$ 1.017,28 com a correção da inflação de 3,75%, prevista em lei e aprovada pelos vereadores no começo do ano. O valor é pouco maior que um salário mínimo (R$ 998,00), uma diferença de R$ 19,28. Toda vez que você ouvir o prefeito “chorar miséria” e dizer que não tem dinheiro para comprar um saco de cimento, não tenha pena: os ventos da abundância sopram na Prefeitura. 

Departamento/Secretaria

Funcionários

Média Bruta (R$)

Média Líquida (R$)

Total Bruto (R$)

Total Líquido (R$)

Gabinete

8

5.265,90

3.765,21

168,508,66

120.486,91

Jurídico

7

5.187,72

4.103,11

36.314,03

28.721,81

Financeiro

12

4.851,51

3.466,16

58.218,15

41.593,91

Desenvolvimento

8

3.983,70

3.330,88

31.869,56

26.647,01

Defesa e Cidadania

190

3.636,88

3.405,08

691.007,28

464.964,74

Recursos Humanos

108

3.611,71

2.268,34

390.064,85

244.981,25

Saúde

835

3.577,08

2.537,05

2.986.862,91

2.118.438,98

Obras

67

3.523,32

2.420,61

236.062,26

162.180,61

Planejamento

24

3.392,45

2.647,97

81.418,81

63.551,38

Tributos

14

3.255,87

2.098,77

45.582,15

29.382,73

Agricultura e Meio Ambiente

31

3.092,86

1.973,97

93.925,80

61.193,09

Serviços Urbanos

126

2.828,39

1.910,94

356.377,00

240.778,05

Esporte

42

2.718,41

1.896,30

114.173,40

79.644,69

Educação

1205

2.627,49

2.076,27

3.166.124,34

2.501.906,96


Deixe um comentário