Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Seringas são encontradas em via pública

09 de setembro
000

Segundo diretora de Saúde, seringas podem ser de insulina. Descarte incorreto pode ser perigoso 

A reportagem de O Jornal recebeu uma denúncia de que centenas de seringas estavam descartadas incorretamente em via pública, em uma avenida que contorna o condomínio Portal do Lago e termina próximo aos Predinhos. 
Nossa equipe foi ao local e pôde encontrar as seringas, na tarde da terça-feira (27), conforme informado por nosso leitor. Então, enviamos a foto via Whatsapp para a Diretora de Saúde, Sônia Junqueira, que disse desconhecer a informação, já que o lixo hospitalar da rede de saúde é coletado por empresa especializada, com descarte correto. Mesmo assim, a diretora consultou uma enfermeira do hospital, que disse se tratar de seringas de aplicação de insulina, que podem ter sido descartadas por algum usuário incorretamente. “Nossa enfermeira viu e disse que são seringas de insulina. Não jogamos lixo assim, mas vou pedir para recolher e fazer o descarte certo para não prejudicar ninguém”, disse a diretora, completando que “às vezes as pessoas que fazem uso constante guardam e depois descartam incorretamente”.

Descarte Domiciliar
O descarte dos materiais perfurocortantes e contaminados utilizados no tratamento domiciliar do diabetes, como seringas, agulhas, lancetas, tiras de glicemia, devem ser descartados em coletores ou recipientes específicos. O descarte inadequado, como no lixo doméstico comum, pode contaminar o meio ambiente e ferir os profissionais responsáveis pela coleta do lixo.
No caso da ausência do coletor, deve-se adotar o uso de um recipiente caseiro com características semelhantes: material rígido e inquebrável, resistente à perfuração, de boca larga e tampa. A garrafa PET não deve ser utilizada devido a sua fragilidade. As rotinas relacionadas ao descarte de materiais perfurocortantes são diferentes em cada munícipio. Os postos de saúde do município costumam orientar sobre os procedimentos corretos.


Deixe um comentário