Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Turismo de Bebedouro ganha reforço tecnológico

26 de setembro
000

Projeto dos alunos do Senac cria QR Code para principais pontos turísticos do município, com informações e curiosidades sobre os locais

Com o intuito de manter a promoção do turismo na cidade, os alunos da primeira turma do curso Técnico em Guia de Turismo do Senac Bebedouro criaram um projeto para atrair a curiosidade e o interesse de moradores e visitantes. Como atualmente as pessoas viajam, passeiam e estão sempre conectadas à internet, por meio dos aparelhos celulares, os estudantes propuseram instalar QR Code (código de barras bidimensional) em três pontos turísticos do município, com diversas informações históricas.
“Fomentar o interesse pelos principais pontos turísticos faz parte da formação dos alunos. Eles definiram despertar a curiosidade do público por meio da tecnologia e com um projeto inovador para a cidade, que precisou de muita pesquisa para sua elaboração”, conta Alessandra Fernandes, docente da área de turismo do Senac Bebedouro. Os estudantes pesquisaram diversos pontos até definir que o projeto seria para Igreja Matriz São João Batista, Orla do Lago Municipal e Museu de Bebedouro.
Elisabete Adolfo, uma das alunas responsáveis pelo desenvolvimento da iniciativa, ressalta que as pesquisas realizadas contribuíram para ampliar o conhecimento sobre a cidade e nortear a formação técnica, com embasamento prático e pautado em dados municipais. “Sabemos da importância e do papel do Senac no turismo regional, por isso definimos que faríamos algo inédito na cidade e na microrregião, gerando ainda mais força para a área. A ideia foi de despertar a curiosidade do público por meio da tecnologia, que está tão presente em nosso dia a dia.”
Durante as definições do projeto, os estudantes pesquisaram a fundo a história de cada um dos lugares escolhidos, recolheram fotos e fizeram uma página de internet para cada ponto turístico. Assim, a partir de setembro, os visitantes que passarem por esses locais poderão acessar os dados apontando a câmera do celular para o QR Code, para leitura do código. “As informações serão um apoio aos visitantes. Eles entenderão sobre cada um desses locais, como surgiram e como mudaram com o passar do tempo”, explica Elisabete.
Por exemplo, ao passear pelo museu, os turistas poderão acessar a identificação dos aviões que ficam na área externa. Outro destaque é a história do órgão de tubo da Igreja Matriz, que foi introduzido no Brasil durante ação missionária dos padres franciscanos, em 1500, quando vieram na esquadra de Cabral. O instrumento musical (cujo som é produzido pela passagem do vento através de tubos de metal e madeira), foi muito usado durante séculos na liturgia católica, e o da Paróquia São João Batista de Bebedouro é um dos últimos em funcionamento no Brasil.
“Todas essas curiosidades pesquisadas pelos alunos foram possíveis de se tornarem de conhecimento público por causa de uma parceria com a prefeitura de Bebedouro, que disponibilizou a hospedagem das informações no site oficial da cidade e apoiou a concretização da ideia, com a instalação de placas nos pontos definidos”, destaca a docente do Senac.
Essa iniciativa, inclusive, foi vista com muita empolgação pelo coordenador de turismo da prefeitura, César Spironello: “Os alunos reuniram informações importantíssimas sobre a história da cidade e dos locais que, agora, os turistas terão fácil acesso durante a visita. Achamos uma proposta forte e viável”. Aos interessados pelo conteúdo, também é possível acessar pelo siteturismo.bebedouro.sp.gov.br.
O projeto chamado 1º Roteiro Turístico Digital de Bebedouro integrará o Circuito Regional de Turismo Águas Sertanejas, do programa Regionalização do Turismo, da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, pelo qual lideranças de 12 municípios encontram-se mensalmente para debater e desenhar um plano de desenvolvimento da área. Desde 2017, o Senac Bebedouro participa ativamente do fomento ao turismo na cidade e região, tanto que coordena o grupo Águas Sertanejas e, no primeiro semestre deste ano, recebeu o Certificado de Empresa Parceira do Turismo pela prefeitura da cidade.
Agora, o roteiro turístico com apoio da tecnologia será mais uma ação do Senac que entrará para o circuito regional. Bebedouro será a primeira, das 12 cidades envolvidas no grupo Águas Sertanejas, a utilizar o QR Code para acesso a informações turísticas. “É gratificante participar de um projeto que impulsiona o turismo na cidade, levando conhecimento, mostrando o potencial do município e desmistificando algumas crenças. É um jeito de demonstrar que a atividade turística vai muito além de apenas parques, praias e montanhas”, diz Rafael Leite, aluno do Senac e integrante da iniciativa.
 
Mercado em alta

Para estimular ainda mais o crescimento do turismo, o governo do Estado de São Paulo lançou em junho deste ano o projeto Visite SP. A ação é parte do programa São Paulo Pra Todos, que visa incentivar a população a conhecer destinos estaduais populares e pouco conhecidos. Somente em 2019, serão investidos R$18 milhões nessa iniciativa.
O turismo, inclusive, possibilita a reinserção no mercado de trabalho.  Para Elisabete, que tem 55 anos, a escolha de integrar a primeira turma do curso Técnico de Guia de Turismo do Senac permitiu expandir as possibilidades de atuação. “É um momento de transição da minha vida, quero voltar para o mercado de trabalho. Por isso, com o aprimoramento na área turística, pretendo trilhar esse caminho e recomeçar minha carreira profissional. As oportunidades são amplas e existem muitas ideias que podemos implementar em Bebedouro.”
Quando o assunto é capacitação, o Senac oferece uma ampla lista de cursos aos interessados, um deles é o de Agente de Informações Turísticas, que está com inscrições abertas e tem início previsto para 7 de outubro. A formação prepara os participantes para atender aos turistas, visitantes e moradores com informações e conhecimento sobre roteiros, programações, serviços e produtos da cidade. Mais informações diretamente na unidade ou pelo Portal Senac (www.sp.senac.br/bebedouro).


Deixe um comentário