Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Entrada de Bebedouro pelo Setor Sul põe em risco a vida da população

10 de maro
000

O trecho entre o Horto Florestal e a Avenida Maria Dias, que liga a Zona Sul de Bebedouro à Rodovia Brigadeiro Faria Lima, está em estado precário colocando em risco a vida das pessoas

Chegar a Bebedouro pela Avenida Lourenço Santin é reconhecer a “Capital dos Buracos” logo na entrada. O trecho entre o Horto Florestal e a Avenida Maria Dias, que liga a Zona Sul de Bebedouro à Rodovia Brigadeiro Faria Lima e ao Povoado de Areias, está há anos em estado precário colocando em risco a vida das pessoas que passam por lá, principalmente no período noturno onde não se tem visibilidade nenhuma.
Em 2013, o O Jornal ajudou a Prefeitura de Bebedouro ao entrarmos com uma representação no Ministério Público questionando os serviços realizados na Avenida Lourenço Santin. Reunimos fotos, filmagens e amostras do asfalto e provamos que a qualidade dos serviços realizados não foi compatível com aquilo que a Prefeitura havia adquirido e, em virtude disso, o Ministério Público entrou com uma ação e o juiz da 2ª Vara, Amilcar Gomes da Silva, concedeu uma liminar determinando que a empresa Sulpav, de Viradouro, refizesse o serviço de pavimentação asfáltica naquele trecho.
O Departamento Jurídico da Prefeitura de Bebedouro no Governo Galvão deixou a situação passar, mas o O Jornal entrou com a representação e a cidade recebeu de volta um benefício, sem precisar pagar novamente por ele.
Outras chuvas vieram e, como a Prefeitura não realizou as obras de galerias no Jardim São Carlos, o asfalto se deteriorou e os buracos voltaram com tudo, se transformando em perigosas valas que provocam danos aos veículos que passam por lá.
Depois de várias reclamações de usuários e moradores da região, a reportagem de O Jornal esteve no local e confirmou o descaso da Prefeitura com aquele local, onde pessoas que não conhecem a situação e passarem por lá a noite podem detonar seu veículo, correndo até risco de vida dependendo a vala em que cair.
É triste verificar que os vereadores nem questionam mais a precária situação da Avenida Lourenço Santin, dando a entender que é normal estar do jeito que está e que o melhor é se conformar com a situação. Enquanto isso, os proprietários de veículos arcam com os danos sofridos quando precisam passar por aquele local.
Se em condições normais seria inaceitável que uma das entradas de Bebedouro estivesse naquelas condições, o fato de o prefeito Fernando Galvão ter sido eleito prometendo que tão logo tomasse posse arrumaria o asfalto de toda cidade, piora ainda mais a situação, pois quatro anos depois a cidade está tomada de buracos. O prefeito não apenas mentiu ao descumprir a promessa como, quatro anos depois, encerrou seu primeiro mandato com o dobro dos buracos que existia quando ele prometeu acabar com os buracos. Provavelmente acreditando que com mais experiência o prefeito cumpriria o que prometeu, a maior parte da cidade o reelegeu e o resultado é que nunca a cidade esteve tão mal cuidada como está hoje.
Enquanto fotografávamos o local, um morador de Taquaral passou e disse que é uma vergonha Bebedouro ter uma entrada em péssimas condições como aquela. Questionou se a cidade estava sem prefeito, sem vereador e sem ninguém com brio para tomar providências contra aquela situação vergonhosa.
Um caminhoneiro que passou logo em seguida gritou: “Isso é uma vergonha”. Um morador de uma das casas ao redor afirmou que já presenciou situações perigosas naquele local, onde pessoas tiveram pneus estourados e danificaram veículos em virtude do estado lastimável em que se encontra aquela via. Para ele, enquanto não morrer alguém, o descaso continuará.

Buracos
A partir desta edição, o O Jornal começa a publicar a série “Capital dos Buracos”. De um canto a outro da cidade nossos leitores estão enviando imagens através do e-mail ojornal@mdbrasil.com.br e pelo Whatsapp 98161-2544 e, com base nessas imagens, estamos programando reportagens mostrando o descumprimento da proposta número 2 do prefeito Fernando Galvão, que dizia que arrumaria com urgência o asfalto de toda cidade.
Os leitores que observarem buracos na sua rua ou no seu bairro podem enviar fotos para o nosso e-mail e toda semana teremos o painel da vergonha.
Pelo descaso demonstrado até aqui pelo prefeito e por seus assessores, depois de esperar mais de 4 anos para ver cumprida a “proposta” de “recuperação urgente de todo o asfalto da cidade”, parece que os eleitores terão de esperar ainda mais e continuar arcando com os prejuízos causados pelos inúmeros buracos e pela insensibilidade de políticos que, na sanha de ganhar uma eleição, prometem o que não podem cumprir.

Continue lendo...


Deixe um comentário