Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Serviços da Prefeitura param por falta de combustível

20 de maro
000

Coleta de lixo em alguns pontos, além da falta de transporte de alunos prejudica serviços da cidade

A crise pegou em cheio a Prefeitura de Bebedouro. Serviços básicos como coleta de lixo e até transporte de alunos ficaram prejudicados em alguns dias da semana por falta de combustível, segundo foi relatado pelo vereador Paulo Bola (PMDB), durante a sessão da segunda-feira (13), na Câmara. “Não pode faltar transporte para essas crianças”, criticou Bola.
A falta de combustível já foi sentida na sexta-feira (10), por alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). A van que transporta alguns alunos até à instituição não pôde circular naquele dia, prejudicando pais e os próprios alunos. Procurado, o presidente da APAE, Rogério Lemos Valverde, confirmou a falta de transporte dos alunos naquele dia, mas disse que a instituição foi avisada por alguém da Garagem Municipal ainda na sexta-feira e que teria dado tempo de avisar os pais. Ele disse que apenas os ônibus fizeram o transporte. “Claro que mesmo sendo um único dia, gera um desconforto às famílias. De qualquer forma, esperamos que isto não ocorra novamente”, disse Valverde ao O Jornal. Outras escolas também ficaram sem transporte, de acordo com informações colhidas pela reportagem. 
Na tribuna, o vereador Nasser (Rede), também falou sobre a falta de coleta de lixo em alguns pontos da cidade, como na Vila Paulista, na Rua João Leite de Camargo. No telão da Câmara, ele mostrou fotos enviadas por moradores de lixeiras abarrotadas de lixo, além de muitos sacos espalhados pelo chão, e criticou a ação do Poder Público. 
Não é de hoje que a falta de combustível prejudica serviços na cidade. Vários moradores já ligaram para a redação de O Jornal reclamando do fato de ficarem sem transporte ou de que serviços solicitados não puderam ser realizados por falta de combustível. Em assembleias do Sindicato dos Funcionários Municipais, o assunto também já foi abordado, quando funcionários confessaram que às vezes não podem fazer serviços com veículos da Garagem por falta de combustível ou que os serviços são limitados, já que o combustível é racionado.


Deixe um comentário