Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Sicoob Credicitrus tem melhor resultado de sua história em 2016

31 de maro
000

Patrimônio Líquido foi 13,30% superior ao ano anterior. “A Sicoob Credicitrus encerrou no último 31 de dezembro o melhor ano de sua história”, escreveram Raul Huss de Almeida [presidente do Conselho de Administração] e Siguetoci Matusita [Diretor-presidente Executivo]

Na manhã da quarta-feira (29), na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro, foi realizada a Assembleia Geral Ordinária (AGO), da Sicoob Credicitrus. Contando com mais de 2000 mil pessoas e 1554 votantes, foram deliberadas novas resoluções para 2017 e apresentados os dados de 2016, ano de crise para o Brasil, mas que trouxe ótimos números para a Sicoob Credicitrus e seus cooperados.  
“Inflação elevada, PIB em declínio, desemprego recorde e incertezas políticas compuseram o cenário brasileiro em 2016. Em contrapartida, fiel ao propósito de gerar e distribuir prosperidade aos cooperados, atuando com a cautela e o rigor profissional que têm caracterizado sua gestão e seguindo um planejamento estratégico bem fundamentado e com metas desafiadoras, visando proporcionar a cada associado o melhor atendimento financeiro possível com as condições mais vantajosas, a Sicoob Credicitrus encerrou no último 31 de dezembro o melhor ano de sua história”, escreveram Raul Huss de Almeida [presidente do Conselho de Administração] e Siguetoci Matusita [Diretor-presidente Executivo] no Relatório de Sustentabilidade 2016.
O difícil ano de 2016, que alguns preferem esquecer se de quão difícil que foi, mais uma vez será um ano bem lembrado pela Sicoob Credicitrus, pois apesar dos muitos desafios, a cooperativa mais uma vez se superou, cresceu, ficou mais forte e terminou o ano alcançando a marca de R$ 1,247 bilhão em patrimônio líquido, com um crescimento de 13,30% sobre o ano anterior.
O bom ano também é notado no crescimento dos ativos totais, que subiram 17,11% em 2016 graças à boa gestão de operações e o bom desempenho relativo aos depósitos à vista e a prazo, que superaram os R$ 4,75 bilhões.
Essa marca demonstra que a “crise” de 2016 não freou a trajetória de crescimento da Sicoob Credicitrus, que também viu seu quadro associativo crescer, passando de 63.741 para 72.178 em 2016. Mesmo com critérios seletivos e cautelosos aplicados na admissão de novos associados, a cooperativa ampliou em 13,24% seu quadro associativo, o que demonstra o crescente interesse que o modelo de negócios do cooperativismo vem despertando na sociedade brasileira.
Confirmando ainda mais que 2016 foi um bom ano, as sobras do exercício cresceram 34,26% e alcançaram R$ 193 milhões, o melhor resultado da história da cooperativa, apresentando um crescimento de quase R$ 50 milhões sobre as sobras do ano anterior.
O volume de depósitos à vista, a prazo e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) da Sicoob Crediciturs cresceu mais de 33% em 2016, passando de R$ 1,792 bilhão para R$ 2,397 bilhões.
Num ano em que várias instituições restringiram o crédito, as operações de crédito da Sicoob Credicitrus cresceram mais de 12% e passaram de R$ 2,318 bilhões para R$ 2,605 bilhões.
Como resultado social econômico, a instituição apresentou a cifra de R$ 781.563.936 em 2016. Este valor é um indicador exclusivo do modelo de negócios do cooperativismo de crédito, ressaltando o montante de recursos que a cooperativa deixou na localidade em que está presente. Esses recursos são aplicados em compras de produtos, contratação de serviços e investimento, gerando emprego e renda e contribuindo para o desenvolvimento social local. Em comparação ao ano anterior, o crescimento foi de 33,83%. 

Ação Social
Outro resultado bastante significativo apresentando na AGO foi o investimento social da Sicoob Credicitrus por intermédio da Ação Social Cooperada (fundos da Sicoob Credicitrus e da Coopercitrus que são geridos de forma conjunta, ou FIS – Fundo de Investimento Social – criado em 2005). O objetivo da Ação Social é dar apoio financeiro a projetos de terceiros, primordialmente voltados à educação (básica, complementar, profissionalizante, artística, ambiental e cooperativista) e assistência social. Desde 2005, 1% do valor das sobras é destinado ao FIS, de modo que todos os associados são responsáveis pelo fundo. Em 2016, um total de 70 projetos foram aprovados e apoiados pela Ação Social Cooperada, com investimentos superiores a R$ 1,2 milhão. Adicionalmente, 22 entidades sociais foram beneficiadas com doações, e no total, 56 municípios receberam algum recurso do FIS. O show realizado em 2016 pela dupla Victor & Léo rendeu R$ 736.500 brutos ao fundo.


Deixe um comentário