Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Palestra com pastor Cláudio Duarte atrai mais de 1000 pessoas

28 de abril
000

Famoso por pregações polêmicas e sucesso no YouTube, pastor esteve em Bebedouro na segunda-feira (24)

Ele é famoso no país todo por seu jeito irreverente e por pregar sua religião não da forma tradicional, mas de forma divertida e que faz com que seja entendido por todos. É sucesso no canal de vídeos YouTube com vídeos com mais de 6 milhões de acessos, uma de suas páginas no  Facebook tem mais de 3 milhões de curtidas, dentre outros recordes, e aqui em Bebedouro não poderia ser diferente: o pastor Cláudio Duarte lotou o Centro de Treinamento Missionário (localizado na Variante Hamleto Stamato), na segunda-feira (24), com público de 1100 pessoas de acordo com a organização. Com o seminário “A família pede socorro”, pastor Cláudio cativou a plateia por quase 2 horas de muito ensinamento e risadas.
Ele começou falando de assuntos gerais, como a “Baleia Azul”, o divórcio, o casamento e homossexuais. “Não tenho nada contra, mas Deus criou carrinho e garagem. Carrinho com carrinho bate, e garagem com garagem não encaixa”, disse. 
Voltando para os solteiros, ele disse que há 3 máximas. A primeira é onde iremos passar a eternidade, a segunda é o que viemos fazer na Terra, e a terceira é com que iremos viver na Terra. “A gente não escolhe pai, mãe, irmão, mas escolhemos cônjuge. Deus não prepara ninguém para ninguém, mas podemos escolher e Ele orienta”. Ele disse que a época do namoro é quando devemos “abrir os olhos”, e depois do casamento “fechar os olhos”, ou seja, devemos observar a pessoa antes do casamento e também em alusão a se manter virgem até o casamento. “Quem tem leite de graça não compra a vaca”, disse.
“Abre o olho antes de casar e fecha depois de casar. Observa antes e depois ‘chupa essa manga’”, disse, lembrando que deve-se observar atos e atitudes antes do casamento para poder escolher a pessoa certa, e depois que casar não adianta reclamar. A religião dele não é a favor do divórcio. 
Além disso, pastor Cláudio disse que devemos procurar pessoas que tenham os mesmos hábitos e também a mesma religião, pois facilita o convívio. Lembrou que deve-se ter desejo pela pessoa escolhida, pois isso também é importante e é de Deus. “Hormônio não aceita Jesus”, disse, em tom de brincadeira, sobre o desejo que deve-se ter pela pessoa escolhida. Outro ponto destacado foi os critérios que são importantes para cada um, pois o que pode ser importante para um não necessariamente é importante para o outro. Cada um tem seu critério. “Escolha alguém que tenha 20 defeitos que você tolera, mas não escolha alguém que tenha um defeito que você não tolera, porque não vai dar certo”, disse. 
Noivado é o período para arrumar uma estrutura para casar. “Ou seja, é o período de gastar dinheiro”, disse, ressaltando que tudo pode ser muito simples, pois não há nada mais gostoso do que ir crescendo com a pessoa escolhida. 
Para os casados, pastor Cláudio falou sobre a diferença entre os homens e as mulheres, ressaltando características de cada um: a mulher é mais falante, tem percepção global das coisas podendo ouvir, ver e falar ao mesmo tempo, tem necessidade de conversar e quer atenção, já o homem é um ser visual e tem o tempo dele. Para dar certo, os homens precisam entender os pontos das mulheres e buscar equilibrar, ouvir mais as mulheres e não tratar com ironia. 
Sobre sexo, ele disse que é bom e que a Bíblia orienta o casal a fazer. “Tudo é válido se combinado antes”, disse pastor Cláudio. É preciso ter desejo para manter o casamento, e os dois precisam se estimular. Problemas de falta de sexo podem ser solucionados com ajuda tanto de psicólogos quanto de médicos, pois pode ser disfunção de hormônios. 
Sobre os filhos, o pastor ressaltou a falta de respeito das crianças atualmente, que segundo ele é reflexo da criação imposta pelos pais. “Correção deve ser feita e limites devem ser impostos. Se há um radar na estrada com máxima de 80Km/h e você passa a 100Km/h, você será corrigido pelo governo. Se há uma placa dizendo que o limite de velocidade é de 80Km/h e você passa a 100Km/h, nada acontece. Hoje em dia temos mais pais ‘plaquinhas’ do que ‘radar’, e isso causa essa falta de respeito das crianças. Não estou fazendo apologia a violência, mas as correções precisam ser feitas”, disse.
E finalizou fazendo com que os casais se levantassem e dissessem um para o outro. Primeiro foi à vez dos homens: “eu te amo, quem nos uniu é muito mais forte do que tudo que tenta nos separar”, e depois as mulheres: “eu te amo, foi Deus que me deu você, vou com você até o fim. Achei que você fosse um príncipe, mas depois descobri que o cavalo chegou primeiro”, finalizou arrancando risadas de toda a plateia e um beijo apaixonado dos casais. 
De acordo com seu site, pastor Cláudio Duarte é “Ministro da palavra, conferencista e pregador, membro da Igreja Batista Monte Horebe em Campo Grande e pastor local na filial da Barra da Tijuca- RJ, casado com Jane Mary, pai de Caio e Filipe. Se tornou conhecido por suas mensagens direcionadas à casais, no entanto, seu ministério é bem amplo, tendo mensagens com atuação em várias áreas, inclusive em liderança (como na ESLAVEC - Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo). Deus o levantou como uma voz profética para a restauração de vidas, à partir de uma revelação surpreendente de textos bíblicos, com muito humor e alegria como grande diferencial do seu Ministério”.
Para Márcio Legal, um dos organizadores do evento, “foi um evento maravilhoso, pleno, com cerca de 17 cidades da região presentes ao Centro de Missões, que alugamos para diversos eventos. Pela maneira dele falar com humor e de forma dinâmica, os ensinamentos são assimilados de forma mais fácil e clara, mais direta. Foi uma palestra fantástica, não uma pregação, e o pastor Cláudio conseguiu atingir a todos”, disse, ressaltando que compareceram pessoas de todas as religiões.


Deixe um comentário