Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Cesta básica subiu 5,92% em 2016

10 de janeiro
000

Segundo o Índice Unifafibe, em 2016 o salário mínimo aumentou um pouco mais do que o aumento da cesta, recuperando o poder de compra que tinha perdido em 2015
 
Segundo o Índice Unifafibe, a cesta básica de Bebedouro sofreu uma inflação de 5,92%. A cesta custava R$ 701,53 em dezembro de 2015 e subiu para R$ 743,07 em dezembro de 2016, um aumento de R$ 41,54.
Analisando a evolução dos preços da cesta durante 2016, o preço mais baixo ocorreu em fevereiro, quando custava R$ 677,98, e o mais alto foi em julho, quando o valor alcançou R$ 762,36. 
Em 2016, a cesta teve aumento significativamente menor do que em 2015, quando subiu 15% [R$ 91,53], e do que em 2014, quando subiu 8,81% [R4 49,41]. Só no ano de 2013 a desaceleração da inflação da cesta básica foi menor do que em 2016, pois naquele ano subiu 2,97% [R$ 16,16].
Em 2016, o salário mínimo aumentou 11,7% e a cesta aumentou 5,92%. Por isso, houve uma pequena recuperação do poder de compra do salário para a aquisição da cesta, voltando ao nível de 2014. Em dezembro de 2016, o salário mínimo era suficiente para a compra de 1,18 cestas, ou seja, compra-se a cesta e ainda sobram R$ 136,93.
Nos últimos 11 anos, o maior poder de compra do salário mínimo ocorreu em dezembro de 2013, quando podia comprar 1,21 cestas. O pior poder de compra foi em dezembro de 2005, quando, para se comprar uma cesta, usava-se todo o mínimo e ainda faltavam R$ 20,90.
Em 2016, Alimentos (+7,57%) e Limpeza (+5,37%) sofreram aumentos e Higiene (-4,24%) teve queda de preço. A maior responsável pelo aumento do Índice (em porcentagem e em reais) foi a categoria Alimentos. 
Dos 41 produtos da cesta, 29 sofreram aumento de preço, 10 tiveram redução e 2 permaneceram estáveis (molho de tomate e detergente). Feijão (+49,8%), Leite Longa Vida (+15,83%), Açúcar (85,60%), Ovos (76,42%) e Arroz (+9,07%), foram os produtos que tiveram os maiores aumentos de preço em 2016. Desodorante (-31,79%), Tomate (-36,64%), Cebola (-50,47%), Carne 1. (-4,10%) e Salsicha (-14,72%), foram os itens que tiveram as maiores reduções de preço em 2016.
O Índice Unifafibe do custo da cesta básica de Bebedouro é um projeto de extensão à comunidade, desenvolvido por docentes e alunos do curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário Unifafibe. O Índice mede, mensalmente, a variação dos preços de 41 produtos que compõem uma cesta básica típica consumida pela população de Bebedouro.


Deixe um comentário