Entre em sua conta



Crie sua conta


Dados Pessoais

Endereço

Dados da Conta


Ação da Guarda Municipal contra menino que vendia abacaxi revolta a população

10 de janeiro
000

3 viaturas da Guarda Civil Municipal foram utilizadas no dia 30 de dezembro para impedir que um menino continuasse vendendo abacaxi ao lado do Mercado Novo. O menino, uma carriola e os abacaxis foram recolhidos numa operação em que um guarda chegou a fazer um gesto obsceno e outro fez ameaças para a pessoa que filmou o ocorrido
 
O ano de 2016 terminou com uma grande polêmica em Bebedouro, quando 3 viaturas da Guarda Municipal, com pelo menos 6 guardas, abordaram um menino que vendia abacaxi num carriola ao lado do Mercado Novo Municipal da avenida Pedro Paschoal.
Se o grande aparato utilizado pela Guarda Civil Municipal de Bebedouro já surpreendeu, a forma como alguns guardas atuaram surpreendeu mais ainda a população que acompanhou o triste episódio, que foi filmado e teve uma grande repercussão nas redes sociais indignando muita gente em Bebedouro.
O assunto mais comentado no final de 2016 em Bebedouro não foi notícia nas emissoras de rádio [Rádio Bebedouro, Rádio Nova, Rádio Iguatemi, Viva, Rádio Caminho Seguro], não foi destaque no programa jornalístico Roberto Oliveira [transmitido pela Rádio Iguatemi] e muito menos mereceu citação nas duas edições da semana da Gazeta de Bebedouro. 
Em época de redes sociais, não adiantou a mídia favorável ao prefeito ter escondido o fato, pois antes de O Jornal entrar no caso, o assunto já teve grande repercussão sendo que uma das postagens com um vídeo da ação teve 22 mil visualizações, 562 compartilhamentos e 476 curtidas. Os que ainda não tomaram ciência do ocorrido ou que não entenderam bem o caso, entenderão o "caso do abacaxi" a partir de agora.
 
Os fatos
Na sexta-feira, 30 de dezembro, segundo uma versão difundida por pessoas ligadas à Guarda Civil Municipal, uma denúncia teria sido feita por alguém do mercado que não concordou que uma pessoa estivesse vendendo abacaxi nas proximidades, sendo que o produto é vendido também no mercado. Segundo essa versão, a Guarda Civil Municipal foi acionada e foi averiguar a procedência da denúncia.
Para averiguar a “gravíssima” denúncia de que um menino vendia abacaxi, foi necessário enviar 3 viaturas com pelo menos 2 guardas em cada uma? Vender abacaxi ao lado do mercado é crime e por isso foi necessário uma grande operação?
A versão difundida por pessoas ligadas à Guarda Civil Municipal afirma que a intenção seria somente encaminhar o menino para que ele se conscientizasse de que não poderia vender abacaxi naquele local.
Para encaminhar um menino são necessárias 3 viaturas e 6 policiais?
Essa versão tem mais um furo, pois a Prefeitura tem setor de fiscalização, tem pessoas que recebem para atuar como fiscal e é surpreendente saber que os guardas municipais tiveram que cumprir o papel de fiscais.
Para manter a tradição do atual governo onde impera o “a culpa é minha e a coloco em quem eu quiser", segundo a versão difundida a situação saiu do controle da Guarda por conta da população que “adora um barraco”, não aceitaram a ação dos guardas, filmaram e jogaram tudo nas redes sociais, insuflando a população contra os guardas.
A versão do estudante Rafael Fernandes e de algumas pessoas que presenciaram o ocorrido é diferente e deixa claro que pode ter havido abuso por parte de alguns guardas municipais.
“Estava no banheiro e quando cheguei nossos protetores estavam prendendo a força um garoto vendendo abacaxi, levaram o abacaxi e o garoto... Reparem que eu estava apenas filmando e o machão mostrou o dedo do meio e eu como resposta disse ‘isso mesmo, mostra o dedo do meio’. A viatura de trás com mais um de nossos machões desceu do carro pra vir pra cima de mim, porque? Nem eu sei ainda. Ainda no final um deles manda minha mãe me educar. Eu que tenho que ser educado? Na verdade, o que eu fiz além se filmar? Eu faltei com respeito? Que vergonha dessa cidade, desses policiais”, postou Rafael no Facebook.
Para azar da Guarda Civil Municipal de Bebedouro, Rafael registrou em imagens a sua versão e possivelmente esse tenha sido o motivo de alguns guardas terem perdido o equilíbrio emocional a ponto de fazerem gestos obscenos e ameaçarem ele e outras pessoas.

Continue lendo...


Deixe um comentário